terça-feira, 18 de maio de 2010

Elo.

Olhe para você, vive reclamando da vida, que nunca nada dá certo pra você, e que eu sua razão não lhe serve de nada.
Acorda e dorme à hora que quer, fica dentro de casa o dia todo, não presta nem pra sair, respirar, espairecer um pouco, dê uma volta, tome um sol nessa sua cabeça, eu sua razão também preciso de luz e calor, o frio e a escuridão não te sustenta, nao me sustenta. Não é ser rigido, nem exigente, uma flor também precisa de luz e calor pra sobreviver, quero que você aprenda um pouco sobre tudo, então saia da frente dessa merda de computador e vá respirar.
Você uma pessoa cheia de sonhos, cheia de planos, uma pessoa inteligente, muitos o admiram, você sabe o que quer da vida, tem garra. Então larga mão de se besta e não fique ai parado esperando que as coisas caiam do céu, corra atrás dos teus sonhos antes que seja tarde.
Você consegue, eu sei que consegue, eu acredito na sua capacidade, na sua força de vontade, mais você se rende a ela, e deixa a preguiça falar mais alto.
Ouça! Não é por mal que lhe digo isso, agora é minha vez de te guiar, esqueça um pouco do seu coração, e me ouve.
Seu coração terá a vez dele, ele um dia há de ser teu guia assim como eu, ele vai saber à hora de agir. Eu sou a Razão aqui, e agora. Sei também à hora certa pra tudo. Tenha muita, mais muita calma, tenha paciência e mantenha-se forte, em equilíbrio, em conexão com teu Eu, e cuide bem da sua matéria, seu corpo, seu templo. O coração saberá à hora dele, saberá sim.
Não precisa focar sua vida inteiramente para o trabalho e pros estudos. Sua vida continuará sendo a mesma, só que, com um pouco mais de responsabilidade, de obrigações e realizações. Lute por uma vida estável, não precisa conquistar o mundo e nem viver pra agradar as pessoas, viva sua vida, viva para ser feliz.
Não deixe jamais de sorrir, não deixe de lado amigos e família, você os ama muito, eu sei.
Nunca deixe ser você, sorria o tempo todo, esbanje alegria, espalhe o bem, faça o bem, viva para o bem. Beba, fume, cante, pule e dance. Viva! Viva intesamente como vem vivendo até aqui. Agradeça por ter essa vida, por ter pessoas tão signifcativas ao teu lado, que assim como eu, também torce por você, te apoia, te motiva e te motivará até o último dia da sua vida. E nós também acreditamos naquelas tuas maluquices, nas suas teorias que não obtem nenhum resultado concreto.
Você há de viver muito, acredite!
Vou lhe contar uma coisa, aí você pode se deitar e pensar nisso tudo que eu lhe disse, e durma tranqüilamente.
Num dia, numa hora, num momento qualquer, uma pessoa há de aparecer inevitavelmente em sua vida, virando teu mundo de ponta cabeça. Você apenas sentirá essa mudança. Aí teu coração, aquela criatura boba, há de me mandar um sinal, e eu nada bobo vou avaliar essa pessoa usando os teus sentidos, e quando eu achar que é o momento certo, vou responder pro teu coração dizendo que à hora dele chegou, que é a vez dele, seu coração cuidar de você. Mais eu nunca hei de te abandonar, e nem você irá conseguir se livrar de mim, eu te orientei, te ensinei o pouco de tudo, e sempre estarei aqui quando precisar.
E viu, você que reclamava de mim o tempo todo, e que sua razão de nada valia, verá o quão difícil e exigente são as regras do coração, mudam constatemente, você vai ver o que é reclamar de verdade daqui pra frente.
Você é apenas massa que sustenta uma alma, você é metade razão, metade emoção, o resto é só pra completar o ciclo, nada na vida é difícil, vive bem quem tem percepção boa, então me ouça, ouça o coração e seja feliz.
(Larissa Lais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário