terça-feira, 4 de maio de 2010

Palavras

Cada um vive e se aceita como quer. Eu sempre escolhi optar pelo lado mais fácil da vida.
Mas agora, meu desejo se permite optar pelo lado dificíl, fazer com que digam o que sentem e pensam.
Eu preciso de palavras, necessito delas, então por favor me ouça, e me diga, deixe seu coração falar mais alto e por favor, diga-me o que esconde ai dentro, diz pra mim o que sente, me diz, me diz de verdade, não dói, eu garanto.
Até você irá notar o alívio depois que falar o que sente, palavras escondidas e com medo de serem ditas, pesam mais que uma tonelada. E garanto também que não queres viver com esse peso todo.
Chega uma hora em que o coração, a alma o corpo não aguenta, e talvez seja tarde demais pra dizê-las. O peso torna-se sustentável, e você perde tempo de ter mudado uma vida.
A minha, a sua, a nossa.
(Larissa Lais)

Nenhum comentário:

Postar um comentário